Vantagens de ser poliglota

Vantagens de ser poliglota

Sabemos que quem é poliglota ou sabe mais de um idioma tem muitas vantagens. Desde de situações cotidianas como conseguir contar uma música estrangeira, assistir a um filme ou série sem precisar de legenda, até aumentar suas chances de conseguir uma oportunidade de intercâmbio ou uma posição melhor no mercado de trabalho. Porém, existem outros ganhos para quem se dedica ao aprendizado de outras línguas. Separamos algumas para você:

1- Novos estímulos cerebrais

Aprender novos idiomas funciona para o cérebro, como exercícios físicos para o corpo. Todo o esforço para entender a lógica de uma outra língua, além do uso da memória para apreender o novo vocabulário estimulam o cérebro e o deixa mais ativo.

Quando aprendemos outros idiomas, é como se eles disputassem a atenção do cérebro, na nossa cabeça. Isso contribui para aumentar nosso foco e a capacidade de realizar mais de uma tarefa ao mesmo tempo. Além disso, pode ser benéfico para várias situações:   

  • Ajuda no retardo do desenvolvimento de doenças degenerativas, como o Alzheimer e demência.
  • Recuperação mais rápida em caso de AVC.
  • Maior desenvoltura em relacionamentos sociais.
  • Raciocínio mais ágil.
  • Maior capacidade de concentração.

2 – Maior capacidade de resolver problemas

O processo de aprendizagem de uma nova língua requer um contínuo esforço para resolver problemas. Isso acontece porque seu cérebro, no momento de você se expressar em um outro idioma vai fazendo, rapidamente, “consultas” ao seu acervo de palavras e frases já aprendidas, para pode se comunicar. Sabe quando ainda estamos aprendendo uma língua nova e ainda não temos total domínio do vocabulário e precisamos nos expressar? Normalmente, buscamos, dentro do que já aprendemos, formas de emitir aquela informação. Isso nada mais é do que sua capacidade de achar solução para problemas sendo estimulada.

3 – Aquisição de novas culturas

Quando se aprende um novo idioma, inevitavelmente, aprendemos mais sobre a cultura dos países que falam aquela língua. Em um mundo cada vez mais interligado, ter acesso a outras culturas pode ser muito vantajoso. Imagina que você trabalhe em uma multinacional. Talvez, será preciso se relacionar com colaboradores das filiais de outros países. Quando se conhece a cultura do outro, fica muito mais fácil conviver e entender os costumes de cada um.

4 – Perca a vergonha de falar em público

Durante o processo de aquisição de um novo idioma, principalmente nos momentos de treinar pronúncia e conversação, precisamos interagir. No início, ficamos inseguros, pois ainda não temos domínio do novo idioma. A medida que vamos praticando, vamos nos sentindo mais seguros, até que ficamos ansiosos para conversar com alguém que já tem fluência naquela língua ou com um nativo.

Esse processo é ótimo para criarmos segurança para falar em público. Pense comigo: você, ao treinar sua conversação em um novo idioma rompe com a vergonha de falar errado ou de ainda ter uma pronúncia falha. Essa rompimento acaba acontecendo em outras áreas sociais. Por isso, sua segurança para se expressar e falar em público aumentam.

Agora que já sabe mais sobre os benefícios de aprender outros idiomas, não vai ficar de fora, não é mesmo! Na ACBEU, você aprende inglês e espanhol com qualidade. Com mais de 60 de tradição como centro binacional, a associação tem os melhores professores prontos para te deixar poliglota! Continue por dentro dos nossos conteúdos e assine nossa newsletter!

Botão: Quero assinar

Teste seu Inglês

teste seu inglês

Como vai sei inglês? parou no “The book is on the table” ou você já está fera? Preparamos um teste de inglês para você avaliar seus conhecimentos e ainda se divertir.

Você já sabe que na ACBEU temos turmas para todos os níveis e idades. Além disso, você ainda pode se preparar para provas de proficiência e ficar em dia com seu inglês para fazer viagens e intercâmbios.

Como funcionam os testes de proficiência

Teste de proficiência

Além de dominar um segundo idioma, ter a certificação de fluência facilita muito para provas de concursos como mestrados e doutorados, bem como para legitimar seu currículo. Alguns testes de proficiência em língua estrangeira te garantem esse reconhecimento internacional de fluência na língua. É o caso do TOEIC, TOEFL e DELE.

TOEIC

O Test of English for International Communication (TOEIC) é um certificado reconhecido mundialmente. Voltado, principalmente para o certificação profissional, o teste foi criado pelo Educational Testing Service (ETS).

O objetivo do TOEIC é medir a proficiência em inglês de um estrangeiro em situações cotidianas, principalmente para circunstâncias de mercado de trabalho.

 

  • Como funciona?

 

Há dois tipos de testes: Listening & Reading e o Speaking & Writing. Os assuntos tratados no testes, são, em sua maioria, voltados para situações do cotidiano profissional, como reuniões, planejamentos, diálogos empresariais.

O Listening & Reading possui 200 questões de múltipla escolha divididas entre audição e leitura.

A primeira parte, que irá avaliar a compreensão auditiva, tem 100 questões divididas em: fotografia (20 itens), pergunta e resposta (30 itens), diálogos rápidos (30 itens) e diálogos curtos (20 itens).

Na etapa de reading ou de leitura há as outras 100 questões divididas em: sentenças incompletas (40 itens), identificação de um erro (20 itens) e compreensão de texto (40 itens).

Já o Speaking & Writing é feito online e possui 19 questões. A avaliação de fala é feita em 11 questões e é necessário: ler um texto em voz alta, descrever uma fotografia, responder a três perguntas, responder a outras três perguntas de acordo com informações dadas, propor uma solução e expressar opinião.

Na parte de escrita, o candidato tem que responder as outras 8 perguntas: escrever uma frase com base em uma fotografia (5 questões), responder a uma solicitação escrita (2 questões) e por fim, escrever um texto opinativo (1 questão).

 

  • Qual a pontuação necessária?

 

A pontuação varia de 10 a 990. Se você tirar menos de 185 pontos, entende-se que ainda não há proficiência em inglês. A partir dos pontos mínimos, a escala fica da seguinte forma:  

185 — 250: Memorized Proficiency

255 — 400: Elementary Proficiency

405 — 600: Elementary Proficiency Plus

605 — 780: Limits Working Proficiency

785 — 900: Working Proficiency Plus

905 — 990: International Proficiency

Já para o teste online, a nota é calculada em uma escala determinada por cada questão e a soma vai de 0 a 200 pontos.

O TOEIC tem validade de dois anos.

TOEFL

Assim como o TOEIC, o TOEFL (Test of English as a Foreign Language) testa a capacidade de comunicação e compreensão da língua inglesa para estrangeiros. Este teste tem um caráter menos mercadológico e mais acadêmico. Muitas pessoas que querem estudar fora do país, optam pelo TOEFL para certificar sua fluência no inglês. Além disso, o teste tem duas modalidades que com características distintas

TOEFL IBT (Interned Based Test)

 

  • Como funciona?

 

São quatro horas e meia de prova para avaliar compreensão auditiva, escrita, leitura e fala.

Na escuta, são usados áudios de situações acadêmicas e cotidianas. Na leitura, o teste, normalmente, apresenta algum artigo com cunho acadêmico. A habilidade de escrita é avaliada por meio de duas redações curtas e a performance de fala com a gravação de respostas faladas. Essa modalidade do teste é feita online. Porém só pode ser realizado em centro autorizados.

 

  • Qual a pontuação necessária?

 

Cada um das áreas testadas tem uma pontuação máxima de 30 e a nota final é calculada pelas 4 notas.

Cada instituição que aceita o TOEFL determina a pontuação mínima exigida.

118-120: Expert User

115 – 117: Very Good User

94 – 114: Good User

79 – 101: Competent User

60 – 78: Modest User

35 – 59: Limited User

32 – 34: Extreme Limited User

0 – 31: Non User

 

TOEFL ITP (Institutional Testing Program)

 

  • Como funciona?

 

Essa modalidade do teste é feita em papel e só possui as partes de Listening e Reading.

São 140 questões de múltipla escolha.

Costuma ser aplicado por escolas de idiomas como exame final. Universidades estrangeiras também o usam, principalmente, para cursos de curta duração.

 

  • Qual a pontuação necessária?

 

Para os que optam pelo nível 1, os resultados vão de 310 a 677 e para nível 2 de 200 a 500 pontos.

Cada instituição que utiliza o TOEFL como teste de proficiência, determina a pontuação mínima exigida.

O TOEFL também tem validade de 2 anos.

DELE

O DELE (Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira) é a comprovação de proficiência em espanhol. O instituto Cervantes é o responsável pela aplicação do teste no Brasil. A Universidade de Salamanca elabora e corrige as provas.

 

  • Como funciona?

 

O DELE é dividido em 6 níveis:

– A1: classifica o estudante como alguém com competência linguística suficiente para compreender e usar expressões do dia a dia em espanhol.

– A2: Teoricamente este aluno não terá problemas para falar sobre lugares que tem interesse em frequentar, conversar sobre profissões e outros diálogos básicos.

– B1: qualifica o aluno entre o básico e o intermediário, mas ainda não quer dizer que o aluno está apto para diálogos complexos.

– B2: Este nível pode ser considerado um nível intermediário avançado. A pessoa já tem conhecimentos para diálogos um pouco mais complexos.

– C1: Para quem está no nível avançado. É o exigido pelas universidades estrangeiras.

– C2: Este é o nível mais alto do DELE. Entende-se que o candidato tem plenas condições de usar o idioma e possui conhecimentos culturais ligados à língua espanhola.

As provas para o nível C1, o exigido nas universidades se divide em 4 etapas:

  • Prova 1: Compreensão de leitura e uso da língua
  • Prova 2: Compreensão auditiva e uso da língua
  • Prova 3: Compreensão auditiva e expressão e interação escrita
  • Proba 4: Compreensão de leitura e expressão e interação oral

 

  • Qual a pontuação necessária?

 

No C1, cada etapa vale 100. Para ganhar a certificação, o candidato precisa fazer, pelo menos 33 pontos em cada uma.

Agora que você já está por dentro de cada exame de proficiência, fica mais fácil decidir qual o melhor para seus objetivos.

Na ACBEU, temos a preparação específica para cada um deles. Além disso, somos centro autorizado para aplicação do TOEIC e TOEFL ITP. Você fica fera no Inglês ou espanhol e ainda se dá bem nas provas de certificação. Aproveite nossa matrícula grátis! 

Visita dos Jovens Embaixadores Americanos

A ACBEU recebeu a visita de alunos americanos do Programa Jovens Embaixadores. A Associação foi uma das três instituições escolhidas no Brasil para receber adolescentes dos EUA. Durante os 10 dias em Juiz de Fora, americanos e alunos da ACBEU puderam participar de diversas  atividades e trocas culturais. Nós mostramos um pouco dos nossos costumes e eles nos ensinaram alguns aspectos da cultura norte-americana.

Acompanhe a jornada:

1- A chegada    

Os alunos americanos chegaram em Juiz de Fora no dia 8 de junho e logo foram recepcionados, na ACBEU, pelas famílias que os hospedaram.

2- Os Passeios

Foram feitos diversos passeios com os alunos para que eles pudessem conhecer melhor a cidade. Eles foram até o Morro do Cristo, onde puderam participar de um piquenique.   

Além disso, visitaram o Planetário, Os Colégios Militar, Santa Catarina e Fernando Lobo. Foram à Feira Livre e conheceram as estúdios da TV Integração.

3- Mais atividades culturais    

Nossos visitantes também participaram de um roda de capoeira, de aulas de Português na UFJF, aula de Maracatu e atuaram como voluntários na creche do Bairro Santo Antônio.

Além disso, foram à Petrópolis para conhecer mais elementos da nossa história nacional.

No Museu do Crédito Real, participaram de uma palestra ministrada pelo historiador Roberto Dilly sobre as histórias de Minas Gerais e Juiz de Fora.

4- Trocas Culturais

Os alunos da ACBEU também conheceram um pouco mais do cultura norte-americana. Nossos visitantes ministraram uma palestra em que contaram alguns de seus costumes e atividades escolares.

5 – A despedida

Para nos despedir dos alunos americanos, preparamos uma festa junina para que eles pudessem conhecer mais um de nossos costumes.

Foram dias de muito aprendizado e trocas culturais. A ACBEU acredita que quando compartilhamos nossos conhecimentos e nossa cultura, chegamos mais longe.

Quer saber mais sobre a ACBEU e receber conteúdos e dicas exclusivas? Assine nossa newsletter.

Vantagens de aprender Espanhol

vantagens de aprender espanhol

Que precisamos aprender um outro idioma além do português, todos concordam. A maioria parte para o inglês, uma das línguas mais faladas no mundo e visto como idioma global.

O inglês é sim, importante, principalmente, para o mercado de trabalho. Deixou, há muito tempo, de ser um diferencial para ser um requisito básico para muitas empresas. Mas, existem outros idiomas que podem te ajudar, e muito, em várias áreas. O espanhol é um deles. Assim com a língua norte americana, saber espanhol tem ampla utilização pelo mundo e pode ser um belo diferencial no seu currículo. Separamos algumas vantagens de se aprender a língua mais falada na América Latina.

1- Umas das línguas mais faladas no mundo

Quando pensamos em aprender um idioma, queremos, antes de tudo, saber a real utilização dele na nossa vida, como e quando o usaremos para valer. O espanhol está entre as três línguas mais faladas do mundo. O Brasil é o único país da América Latina a falar português. Todos os outros países falam o espanhol. Então, na hora de escolher qual língua aprender, você já sabe qual escolher.

2- Mercado de trabalho

Pela importância global da língua, saber espanhol se torna um excelente diferencial no currículo. Muitas empresas têm negócios e clientes com nossos países vizinhos, portanto, ter colaboradores que consigam negociar com fluência é um objetivo comum dessas companhias.

Além disso, ser fluente no espanhol te ajuda a buscar oportunidades de trabalho, inclusive, fora do Brasil. Não precisar ensinar o idioma materno para um recém contratado estrangeiro é o sonho de toda empresa! Se você já chega fluente na língua para um vaga de emprego fora do país, deixa para trás muitos dos seus concorrentes.

3- Viagens

Você pode até viajar para países como Argentina, Chile, Uruguai, Espanha e se virar com o “portunhol” mas, com certeza, acaba perdendo oportunidades de conversar mais com os nativos e entender melhor a cultura deles. Além disso, passa por pequenos problemas como demorar uma eternidade para explicar para um taxista para onde você quer ir ou tentar dizer para um garçom o que, exatamente, você quer comer.

Quando viajamos para um outro país e dominamos o idioma deles, conseguimos aproveitar muito mais a viagem e aumentamos as chances de nos relacionarmos com as pessoas residentes daquele lugar.

4- Ajuda a aprender outras línguas

Por ser um idioma parecido com o português, o espanhol não é tão difícil de ser aprendido. As pronúncias são mais próximas do nossa língua materna e isso facilita a aprendizagem.

Essa facilidade em se tornar fluente no espanhol ajuda na aquisição de outros idiomas. Isso, porque, como aprendemos com mais rapidez, nos sentimos mais seguros para estudar outra língua. Além disso, ao ter contato com as regras gramaticais do espanhol, que são parecidas com as nossas,  criamos uma lógica no nosso cérebro que desperta para as especificidades de outros idiomas. Assim, é como se ligássemos uma chave na nossa cabeça para aprendizagem de outras línguas.

5- Ampliar nossa cultura

Umas das características mais simbólicas da cultura de um lugar é a língua materna. Quando sabemos o idioma de outro país, conseguimos entender, mais profundamente os costumes e a história daquela região. E se tem uma língua repleta de histórias e cultura, é o espanhol.

Além disso, diversas obras primas da literatura mundial, foram escritas em espanhol. Já pensou em poder ler, na versão original os livros de Gabriel García Marquez, Miguel de Cervantes ou Pablo Neruda?

Agora que você já sabe da importância de se aprender espanhol, não fique parado! Na ACBEU temos turmas com professores nativos, além de metodologia focada no seu aprendizado efetivo do idioma.

Assine nossa newsletter e fique por dentro de conteúdos exclusivos.

10 dicas para quem vai fazer intercâmbio

Intercambio

O intercâmbio é o sonho de muitas pessoas. Realizar uma viagem para outro país em busca de conhecimento e experiência é um fator muito importante para acrescentar em sua bagagem, além de ser um diferencial para várias outras oportunidades, como empregos e bolsas de estudos.

Ainda não sabe qual país escolher? Responda algumas perguntas para si mesmo:

1 – Quanto posso gastar?

2 – Quais países falam o idioma que eu quero aprender?

3 – Quais são meus objetivos?

Outro fator a ser levado em conta é o seu estilo, porque você vai passar um longo período distante de casa e em um lugar completamente novo. Veja quais seus gostos e o que mais te atrai. Exemplo: você prefere um lugar com praia ou campo? Gosta de festas noturnas e uma vida mais agitada ou um lugar mais calmo?

Todas essas perguntas vão te ajudar a eliminar algumas opções e ficará mais fácil decidir depois.

Além dessas, separamos mais 10 dicas deixar todo processo mais prazeroso. Olha só:

1 – Passaporte

Faça seu passaporte com antecedência e verifique a validade. Veja também se o país que você escolheu exige visto.

2 – Faça um roteiro

Veja os principais lugares que você quer visitar primeiro. Depois, você decide outros locais que quer ir também, porque se não der tempo ou o dinheiro não for suficiente, você vai ter conhecido os que mais gostaria antes.

3 – Vença a timidez

Não fique com vergonha de se comunicar, afinal, você está aprendendo outro idioma e está vivenciando outros hábitos e costumes.

4 – Tente economizar

É claro que você vai querer experimentar a gastronomia do país. Mas não se prenda só a isso. Quando puder, faça a sua própria comida em casa.

Outra dica é levar uma quantidade favorável de roupas, para evitar comprar muitas. Como é outra cultura, não se sabe como é o clima por lá.

Em Juiz de Fora (MG), por exemplo, não sabemos qual das quatro estações do ano faz em um dia. 😛

Brincadeiras à parte, essas duas são as melhores formas de economizar.

5 – Leve uma parte do dinheiro na moeda do país

O cartão é a forma mais segura, porém, por medida de segurança, tenha junto com você uma quantidade considerável de dinheiro na moeda do país. Isso pode te ajudar bastante se algo inesperado acontecer.

6 – Não se esqueça de estudar

Estudar pode se tornar uma diversão também. Você está aprendendo algo novo e pode utilizar vários recursos para isso. Estudar só vai aumentar o seu conhecimento e fazer aprender mais rápido. 🙂

7 – Não esqueça a família e amigos

A saudade vai bater e às vezes você vai se sentir sozinho. Mas não fique triste, isso é normal e faz parte da experiência.

Você pode amenizar a saudade usando a internet. Hoje é muito mais fácil entrarmos em contato com pessoas que estão bem longe. Isso vai diminuir a saudade e o sentimento de “solidão”.

É importante lembrar que você não vai estar sozinho, porque vai aparecer novos amigos de diversas partes do mundo! 🙂

8 – Verifique sua saúde

Faça exames antes da viagem e faça um seguro saúde internacional. Isso vai te dar mais segurança se você passar por algum problema.

Se você toma remédios controlados ou de uso contínuo, não se esqueça de levar as receitas com você.

9 – Imprevistos podem acontecer

Por isso é bom ir prevenido. Assim como no dinheiro, leve com você uma lista de lugares com hospedagem que sejam mais baratos. Dessa forma, você estará mais tranquilo e seguro, uma vez que vai chegar de viagem cansado.

10 – Por último.. viva o lugar!

Viva a experiência única e volte com a sua bagagem (cultural) rica em conhecimento. Experimente os costumes, a culinária, a música, a festa, os hábitos e tudo o que o país aonde você vai possa te oferecer.

Pode ter certeza que, apesar de algumas dificuldades, esses serão os melhores dias da sua vida. 🙂

Gostou das nossas dicas? Temos certeza que o seu intercâmbio vai ser inesquecível! 😀

Comece se preparando com os melhores professores da cidade aqui, na ACBEU. Além da nossa qualidade, temos parceria com o AFS, uma organização internacional voluntária e sem fins lucrativos que oferece oportunidade de intercâmbio para ajudar a promover o conhecimento.

Para continuar acompanhando as nossas novidades é só clicar no botão abaixo! Você vai ficar por dentro de tudo e continuar recebendo conteúdos incríveis e exclusivos.